Conteúdos Du Designer

  • Eduardo Henrique

A história das Embalagens Para Parceira King Boxes embalagens

Desde a pré- História o ser humano já notou a necessidade de utilizar materiais para armazenar, proteger e preservar seus pertences, nasce então, as embalagens.



Em nossos dias, é indispensável as embalagens para entregas, proteção e/ou armazenamento de todos os tipos de produtos que podemos imaginar. Elas podem apresentar diversas formas e materiais, dependendo das particularidades de seus determinados produtos.


Perceber essa necessidade não é particular do nosso tempo. Na pré-história, entre o ano 10.000 e 8.000 a.c, os recipientes ou invólucros já se faziam necessários para guardar alimentos ou bebidas.

Quando precisavam caçar, o seres humanos pré-históricos utilizavam recipientes para transportar água e/ou alimentos, geralmente feitos de barro, lamas ou cestos elaborados com fibras vegetais.

Estas são, historicamente, consideradas as primeiras embalagens.

Já nos tempos da Antiga Grécia, e logo depois, dos Romanos, que as embalagens começaram a evoluir, se adaptando as novas necessidades da ocasião. Tanto gregos, como Romanos, eram povos viajantes e colonizadores, portanto as embalagens precisavam estar preparadas para suportar grandes viagens.

As embalagens personalizadas para grandes quantidades

Nesta mesma época, que aumentou o comércio, por isso as pessoas começaram a precisar transportar grandes volumes de mercadorias. O que fez as embalagens se tornarem muito importantes, tanto seus tipos de materiais, como formas e variados tamanhos. A ânfora era a embalagem mais usada destas culturas, ela se adaptava melhor ao produto mais transportado na época: O vinho.

Somente no século III que surgiu outra também importante embalagem da história para este mesmo produto, o Barril de madeira. As cruzadas da idade média e as grandes navegações da idade moderna, começaram dar lugar a novas formas de embalagens, elas tinham que aguentar mercadorias mais pesadas, bem como os desgastes e anormalidades de longas viagens marítimas.

Geralmente as embalagens eram feitas de caixas de madeiras, mas em diferencial, eram protegidas com panos e/ou serraduras para evitar o movimento, ou batidas dentro do armazenamento.

As primeiras caixas de papel (cartão) são registradas na China século XVI, mas somente foram popularizadas no século XIX, principalmente com a finalidade que mais conhecemos atualmente.

Na revolução industrial a necessidade de embalar materiais mais baratos e leves do que a madeira, fizeram com que o cartão ondulado se tornasse cada vez mais importante no campo da embalagem.

Nos dias de hoje, o cartão é essencial para a produção de embalagens, principalmente se for necessário desenvolver produções exclusivas, como o caso de entregas para Deliverys.

Embalagens personalizadas no Brasil

No Brasil, os primeiros registros acerca do desenvolvimento de embalagens são de 1637, de artesãos vidreiros em Pernambuco que tinham uma oficina de produção de vidro e além de janelas, produziam frascos para embalagens. Mas só começaram a alçar pleno desenvolvimento à partir de 1808 com a abertura dos Portos e a vinda da família Real e parte da corte Portuguesa para o Brasil.

Inclusive esta abertura dos Portos que impulsionou a exportação e importação, e a permissão para o funcionamento de Fábricas e manufaturas no Brasil, decisões de D. João VI, que trouxeram grande impulsão para o mercado industrial Brasileiro.

Na época 4 tipos de embalagens eram as mais importantes: Sacos de estopa e papel, potes e garrafas de vidros, latas, e Barris de madeira. Na revolução industrial a produção de embalagens ainda era artezanal, somente com a invensão da máquina a vapor, no século XVIII que a embalagem tomou proporção de manufatura e adquiriu maior complexidade.

A evolução das embalagens tem relação direta com a evolução da tecnologia, pois quanto mais produtos e materiais e serviços se produziam e/ou se apresentavam, mas eram necessários que a embalagem estivesse pronta ao atendimento e custos baixos.

Cores e artes nas embalagens somente se desenvolveram e se desligaram do campo artesanal, no século 20, antes disso, as industrias ainda não reconheciam a marca, como valor agregado ao produto, mas com o surgimento de autos serviços, como supermercados e serviços de prontas entregas, como embalagens para Delivery, era necessário persuadir o cliente sem ajuda de vendedores físicos, fazendo que as embalagens tivessem também a função de informar, identificar e promover os serviços e produtos.

O desenvolvimento gráfico da embalagem no Brasil, se deu em torno de 1950.

Dado a necessidade cada vez maior de tempo de validade dos produtos, as embalagens precisam de alta proteção, inclusive existem órgãos responsáveis para atestá-las, como por exemplo o IMNETRO.

Fontes: Canal Curta TV e Passei direto.com


Veja a Postagem original no Blog King Boxes


A King Boxes embalagens é nossa Parceira e se você precisar de algo relacionado ao setor de embalagens, principalmente embalagens para Delivery, pode encontra-los no site www.kingboxes.kb.com.br ou pelo whatsapp (11) 9 5628 4776. .


#Kingoxes #embalagem #embalagensparaDelivery #embalagens #Delivery #materiais #históriadaembalagem #DuDesign #design #comunicaçãovisual

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo